Seminario 2 - Discurso, humor y género

Vianna, Rodolfo - A ironia da ironia: paradoxo argumentativo e instabilidade semântica

Publicado en Seminario 2 - Discurso, humor y género

Autoría Vianna, Rodolfo  (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.
Título A ironia da ironia: paradoxo argumentativo e instabilidade semântica
Sección Seminario 2 - Discurso, humor y género
Resumen A instabilidade da ironia, seja de ordem semântica, seja de ordem pragmática, é talvez a única categoria estável de sua constituição. Esta comunicação visa apresentar a ironia, fenômeno investigado por diversas tendências dos estudos linguísticos e discursivos, como um fenômeno de argumentação indireta, de caráter paradoxal, que se abre a inferência de um ou mais sentidos para além daquele presente na literalidade do enunciado irônico, à luz do gênero discursivo no qual esse fenômeno se apresenta. Como base teórica para tal afirmação, são mobilizadas as formulações de Alain Berrendonner, presentes em seu ensaio De l´ironie, publicado pela primeira vez no livro Eléments de la pragmatique linguistique; da pesquisadora Linda Hutcheon presente em seu livro Teoria e Política da Ironia, e de Beth Brait, autora da obra Ironia em perspectiva polifônica. A pesquisa visa delimitar sete grandes características do fenômeno irônico que permitem analisá-lo sob a luz de uma abordagem linguístico-discursiva, pela qual se leva em conta as esferas de produção, circulação e recepção do enunciado irônico. O fenômeno irônico não existe em si, mas ele acontece na fricção entre o dito e os não ditos, à luz do contexto amplo da enunciação (circunstancial, textual – como delimita Berrendonner – e intertextual / interdiscursivo – como delimita Hutcheon e Brait), e em relação às comunidades discursivas envolvidas, constituídas por sujeitos discursivos sócio-historicamente situados e ativos, seja na tentativa de construção da ironia, seja na inferência ou atribuição da ironia a determinada manifestação da linguagem.