Brigadas do Discurso

Publicado en En voz alta

CelsoAlvarezCaccamo

Por  Celso Alvarez Cáccamo
Professor de Linguística Geral, Departamento de Letras, Faculdade de Filologia, Universidade da Corunha

 

28 de janeiro de 2019 

O problema da análise do discurso com perspetiva crítica são três: 1) que só é análise; 2) que não se sabe bem a respeito de que é crítica; 3) que analisa o discurso. Por exemplo: num foro de debate da associação EDiSo, a pessoa sócia A apresenta um texto que é um informe médico sobre os danos causados declaradamente pola ação da polícia espanhola no 1 de outubro de 2017 durante a celebração do referêndum de independência declarado ilegal polo Tribunal Constitucional de Espanha. A enquadra isto como eventos dentro dum "Estado sin ley". A pessoa sócia B reage com amostras de textos argumentativos contra o liderado independentista catalão e contra o independentismo em geral. Evidentemente, o texto de A não têm nada a ver com os de B, mas só são signos (índices) de ideologias políticas incompatíveis. A ligação entre os atos de A apresentar textos e B apresentar contratextos é profundamente difícil de estabelecer, porque não é textual, nem discursiva: é política, no sentido de agentiva. A e B estão em campos políticos antagónicos. Porém, a ilusão da análise de discurso faz ambos agentes compartilharem o campo onde os textos são enarvorados. Por que? Como é isto possível? Quais são as condições de possibilidade disto, não dos textos originários em si?

Evidentemente, por definição, EDiSo só gera mimese de produção, como toda empresa académica: simulacro de valor. EDiSo faz parte do campo de congenialidade onde coexistem as posições políticas daqueles que querem (e por enquanto conseguem) impor questões cruciais como é o seu próprio Estado, querendo fazer crer que é o Estado nacional doutros países, com as daquelas pessoas que precisamente resistem contra isso. E em EDiSo coexistem também, entrecruzadas com as anteriores, ideologias liberais (de mercado capitalista) com ideologias anti-capitalistas. Como é possível que coexistam tais posições e interesses estruturalmente e objetivamente encontrados? 

IV Simposium Internacional EDiSo - II Circular

Publicado en IV Simposium 2019

IVSimpEDISO

Vozes, silêncios e silenciamentos nos estudos do discurso
Veus, silencis i silenciaments en els estudis del discurs
Voices, silences and silencing in discourse studies
Voces, silencios y silenciamientos en los estudios del discurso

Segunda convocatoria - Versión poliglósica

Analysing discourse is an entreprise that should take into account whose voices are heard and whose are unheard and what is sayable and visible, as well as unsayable and invisible under specific orders of discourse. Silencing is a consequence of the stratification of speakers, discourses and (named) languages according to evolving legitimate models of speakerhood, citizenship, and mobility. La reflexió sobre la connexió entre veus i silenci/silenciament il·luminarà les relacions socials de poder en determinats contextos i les condicions de generació del coneixement als quals, com a analistes del discurs, estem subjectes. O IV Simpósio Internacional EDiSo visa trazer para o primeiro plano o não dito, o não visto e o não escutado, como forma de entender a conformidade, o conflito, a resistência e mesmo a subversão face às ordens discursivas, sociolinguísticas e económicas dominantes na modernidade tardia.

Se abre el plazo para la propuesta de comunicaciones libres y contribuciones a las sesiones temáticas abiertas a propuestas individuales sobre los siguientes temas:

  • Silêncios e silenciamentos do multilinguismo em contextos de mobilidade e diversidade.
  • Veus, silencis i silenciaments en polítiques lingüístiques.
  • Vozes, silêncios e silenciamentos nos diversos espaços institucionais.
  • Silencis en les nostres dades discursives, etnogràfiques o interactives.
  • Silêncio e silenciamento como medida de acção, resistência ou controlo do discurso que implica (auto)censura, diálogo e apagamento ideológico.
  • Veus i silencis en la producció de coneixement.

En la línia dels simposis anteriors, seran acceptades contribucions que abordin d’altres temes d’interès per als estudis actuals del Discurs i Societat.

IV Simposium Internacional EDiSo - I Circular

Publicado en IV Simposium 2019

IVSimpEDISO

Vozes, silêncios e silenciamentos nos estudos do discurso
Veus, silencis i silenciaments en els estudis del discurs
Voices, silences and silencing in discourse studies
Voces, silencios y silenciamientos en los estudios del discurso

Primera convocatoria / Primera convocatòria / Primeira Convocatória / First call for participation

III Simposio EDiSo - Vídeos mesa redonda

Publicado en Seminario-Asamblea 2018

II Seminario-Asamblea Internacional EDiSo Vigo 
Mesa redonda: Discurso y sociedad en el siglo XXI – claves y desafíos
16:00-17:30 - Salón de Grados

Puedes acceder a todos los vídeos de la mesa redonda a través de este enlace
http://tv.uvigo.es/gl/serial/3372.html 

Participantes: Manuel Alcántara Plá (Universidad Autónoma de Madrid), Maria Aldina Marques
(Universidade do Minho), Luisa Martín Rojo (Universidad Autónoma de Madrid), Miguel Pérez Milans
(University College London), Eva Codó Olsina (Universitat Autónoma de Barcelona).

Moderadora: Gabriela Prego Vázquez (Universidade de Santiago de Compostela)

Presentación de los participantes

Más artículos...