Coimbra02Largo da Portagem e Rua Ferreiro Borges, Coimbra. Fotografia de C.A.C., 2013

Discursos de resistência - Irene Ramalho Santos

. Publicado en Simposium EDiSo 2015

Discurso da Conferência Plenária do II Simposio EDiSo - 18 junho 2015
Maria Irene Ramalho Santos
Centro Estudios Sociais e Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Começo por agradecer à organização, e muito especialmente à Clara Keating, o gentil e honroso convite que me foi dirigido para proferir esta conferência. Começarei por rever e delimitar os dois conceitos que constituem o meu título – discursos e resistência – para me debruçar em seguida sobre algumas formas de resistência e seus discursos em contextos diversos, desde o político, o social e o cultural até ao que está mais próximo dos meus interesses académicos: a poesia, no seu sentido lato, e o cânone literário. Confesso que o meu projecto me intimida. Sinto-me como Foucault quando ele estava prestes a proferir a sua conferência – L’ordre du discours – no Collège de France em 2 de Dezembro de 1970: “Em vez de tomar a palavra, quem me dera poder ser envolvido por ela…” [Plutot que prendre la parole, j’aurais voulu être enveloppé par elle…]1  Mas agora não há nada a fazer.

IRSEtimologicamente, discurso deriva do latim clássico discursus, com o sentido original de sair correndo em várias direcções, e daí dispersão, agitação, correria; mas também, trajectória, como por exemplo a dos astros. Só mais tarde, no século IV, adquiriu o sentido de conversação e, mais tarde ainda, o conceito de discurso racional (em inglês, por volta do século XIV, em português no século seguinte). Em inglês, discourse ganhou ainda outros sentidos, como passagem do tempo e até corrimento. Para os meus objectivos, adoptarei sobretudo, embora não exclusivamente, a ideia de discurso com o sentido que lhe vem já do início do século XVI, ou seja, a faculdade de raciocínio linguístico ou o fio de um pensamento na língua. Foi preciso esperar pelo século XX e por Foucault para perceber que a própria faculdade de raciocínio reside na língua e que a língua-do-que-é-dito depende, mais do que de quem diz, disso mesmo que é dito e de onde é dito, e onde e quando o dito ocorre. Acontece até, como é sabido, que, na esteira de Foucault, Roland Barthes e Jacques Derrida cometeram a proeza de assassinar o autor ao sugerirem que a língua não é falada por um sujeito, antes fala ela o sujeito, e fala pelo sujeito. Reconheço a antiguidade e o poder da língua, mas encaro com cautela o falecimento do autor anunciado pelo pós-estruturalismo. O que a expressão – a morte do autor – realmente significa é que a autoridade do autor passou a estar sempre em causa. Mesmo autores bem seguros de si, para já nem falar de estudantes, são muitas vezes surpreendidos a retorquir: “não foi isso o que eu quis dizer”. É por isso que sentimos tão frequentemente a necessidade de rever os nossos discursos. A repetir com diferença ou, como diz a poeta feminista americana, Adrienne Rich, a recorrer constantemente ao “privilégio verbal” de “começar a falar de novo” [the verbal privilege of starting to speak again].2

EDiSo 2015 - Travel and transportation

. Publicado en Simposium EDiSo 2015

Coimbra 2015In just two weeks, we are going to welcome everyone in Coimbra for the three days of our EDiSo Symposium. We want to ensure a warm welcome, a comfortable stay and a good working environment for all.

{attachments}


 


TO/FROM COIMBRA

Travel to/from Coimbra and airports
Oporto
(Porto ) airport is situated 16 km away from the city centre, which can be inconvenient for flights departing/arriving very early in the morning or very late at night, due to Aerobus services and Metro timetables.

The night time fee for the taxi service to/from the Oporto airport is quite high - over 30 euros.

EDiSO 2015 - Participantes • Participants

. Publicado en Simposium EDiSo 2015

Coimbra 2015

II Simpósio Internacional EDiSo
Discursos e Sociedades em Movimento
Discursos y Sociedades en Movimiento
Discursos i Societats en Moviment
Discourses and Societies on the Move

Coimbra, 18-20 junho 2015
http://www.edisoportal.org/simposium2015
Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.

coimbra2015g

Participantes • Participants

Nesta tabela pode

  • localizar qualquer participante (autor/a, coordenador/a de sessão, conferencista, moderador/a, etc.), qualquer título ou qualquer sessão, introduzindo qualquer palavra na caixa onde diz PLG_CONTENT (ao clicar dentro, este texto desaparece); e/ou
  • ordenar os dados por qualquer dos campos, clicando nas setas dos cabeçalhos

Pré-Simp: Sessão pré-simpósio no Centro de Estudos Sociais. PLEN: Conferência Plenária | PT: Painéis Temáticos | CL: Comunicações Livres | OAD: Oficinas de Análise de Dados | MD: Mesas de Debate |  OBS: Apresentação do Observatório do Discurso | Posters. || As sessões de PT e CL podem estar divididas em duas partes, A e B.